Distensão muscular: entenda e previna

Distensão muscular

A distensão muscular acontece quando um músculo é esticado demais, um esforço que gera a ruptura de algumas fibras musculares, do tendão ou de um músculo. Este tipo de lesão ocorre no tendão ou na junção músculo-tendínea, o local que une o músculo e o tendão, próximo da articulação. Embora seja mais comum em atletas, a distensão muscular pode acontecer em qualquer pessoa, até durante a realização de tarefas do cotidiano.


Tipos de distensão muscular

Existem dois tipos de distensão muscular:

– Distensão aguda: ocorre quando os tendões e os músculos fazem uma contração repentina, de forte intensidade. Acontece frequentemente durante a prática de esportes ou em movimentos repentinos, como por exemplo, ao levantar algum móvel pesado.

– Distensão crônica: acontece como consequência de exercícios repetitivos e prolongados, que utilizam sempre os mesmos músculos. Essas são comuns em corredores, ciclistas e atletas de esportes competitivos. 

O esforço excessivo ao realizar uma contração muscular é uma das principais causas da distensão. Por isso, acontece frequentemente com pessoas que praticam esportes, embora também possa atingir pessoas mais velhas ou que realizam movimentos repetitivos.

Prevenção

Para evitar a distensão muscular são necessários alguns cuidados simples. A prática correta do exercício físico, com preparação adequada e acompanhamento é um dos itens importantes. Saber dosar os limites das atividades, sem cometer exageros, também é fundamental para manter a qualidade dos músculos e tendões. 

Sintomas da distensão muscular

A dor forte localizada próxima da articulação é um dos principais sintomas da distensão muscular. Hematoma, edema (inchaço) e dificuldade para movimentar o músculo também podem ser sentidos. A dor pode variar conforme a gravidade do quadro: quanto mais intenso, mais grave pode ser a lesão. Pode ocorrer ainda dificuldade de movimentar a região afetada e fraqueza muscular. 

Ao sentir os primeiros sintomas de distensão muscular, suspenda a realização de exercícios físicos e procure um médico especializado para um tratamento seguro e eficaz. Evite a automedicação e tratamentos caseiros, que podem prejudicar a sua recuperação. Uma indicação é a consulta com um médico ortopedista especializado em medicina esportiva

SOS ESPORTES

A SOS Esportes possui profissionais com mais de 25 anos de experiência em tratamento de atletas de alto rendimento, sempre atualizados.

Nestes anos, conta com milhares de procedimentos cirúrgicos com tecnologia de ponta, procurando oferecer as técnicas mais consagradas no meio esportivo. Esta conduta se traduz na confiança que muitos já depositaram na nossa equipe. O responsável pela Clínica é o Médico, especialista em Medicina do Esporte e diretor da Sociedade Brasileira de Medicina Esportiva, Dr. Ivan Pacheco. Clique aqui e saiba mais sobre a SOS Esportes. 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Copyright © 2019 SOS Esportes | Desenvolvido por DoutorX