Tendinite do Corredor: o que é e como prevenir

Tendinite do corredor é o nome popular da síndrome da banda iliotibial, uma lesão comum que afeta corredores e que provoca forte dor durante os exercícios.
Tendinite do corredor

Conhecida também como tendinite de corredor, a síndrome da banda iliotibial está entre as lesões mais comuns de quem pratica este esporte. Tendo como principais causas uma alteração estrutural e de movimento do joelho, essa síndrome é uma faixa fibrosa que começa na lateral da coxa e desce até abaixo do joelho. Esta faixa desempenha um papel essencial em estabilizar o joelho durante a corrida, a medida em que ele se move desde abaixo para a frente do fêmur.

Estima-se que, entre os corredores, até 12% apresentarão  apresentam a síndrome do trato iliotibial ao menos uma vez durante a atividade esportiva.

Causas da tendinite do corredor

Entre as causas da síndrome do trato iliotibial, estão:

  • Falta de força nos abdutores do quadril, que são os responsáveis por mantê-los firme na corrida;
  • Fraqueza de quadríceps;
  • Músculos fortes com ativação lenta;
  • Desvios posturais no joelho;
  • Volume de treinamento excessivo;
  • Falta de descanso entre os treinos.

Sintomas da tendinite do Corredor

O primeiro sintoma que acomete os atletas é a dor durante o exercício, o que causa a interrupção dos treinos. A dor é localizada, geralmente na região lateral do joelho e aumenta progressivamente. Este sintoma pode piorar quando acontecem corridas em subidas ou descidas. Embora a dor desapareça espontaneamente após alguns minutos de repouso, ela tende a retornar após o início de uma nova corrida. Nestes casos, o atleta não deve insistir em correr, pois este quadro pode agravar a inflamação e dificultar a sua recuperação. 

Outros sintomas incluem incômodo ao apalpar o lado de fora do joelho, dor ao esticar a perna após um período sentado, estalo do joelho, sensação de a patela estar desencaixando e inchaço. 

Prevenção

  • Reforço dos músculos da região da coxa, com alongamento complementar, visando à diminuição de sobrecarga no joelho.
  • Uso de tênis adequados para o tipo de pisada e o impacto é outro item que deve ser observado.
  • Evitar treinos em subidas e descidas.

O primeiro passo caso você sinta dor no joelho é procurar um especialista, pois ele está apto para diagnosticar as causas do problema e prescrever o melhor tratamento.

SOS ESPORTES

A SOS Esportes possui profissionais com mais de 25 anos de experiência em tratamento de atletas de alto rendimento, sempre atualizados.

Nestes anos, conta com milhares de procedimentos cirúrgicos com tecnologia de ponta, procurando oferecer as técnicas mais consagradas no meio esportivo. Esta conduta se traduz na confiança que muitos já depositaram na nossa equipe. O responsável pela Clínica é o Médico, especialista em Medicina do Esporte e diretor da Sociedade Brasileira de Medicina Esportiva, Dr. Ivan Pacheco. Clique aqui e saiba mais sobre a SOS Esportes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Copyright © 2019 SOS Esportes | Desenvolvido por DoutorX